55+ 11 3171-3446         secretaria@segurancahumana.org

Eduardo Leite participa de Audiências com Secretários de Educação no Estado

Eduardo Leite participa de Audiências com Secretários de Educação no Estado

Proposta é implementar o tema junto as escolas públicas e particulares

Eduardo Leite, Secretário Executivo do Comitê Permanente da América Latina para Prevenção do Crime (COPLAD)
Programa da ONU do Instituto Latino Americano das Nações Unidas para Prevenção do Crime e Tratamento do
Delinquente (ILANUD) e Diretor do Instituto de Segurança Humana do Brasil (ISH) esteve nos últimos meses
reunido com autoridades de ensino pelo Estado de São Paulo apresentando o tema Segurança Humana para sua
implementação.

No dia 24 de maio, o encontro foi com a Secretária de Educação de Santo André, Dra. Dinah Kojuck Zekcer.
Dez dias depois, a audiência foi no município de Osasco, Grande São Paulo, com as Supervisoras de Ensino,
Dras. Alessandra Bianca Cornaglia e Vera Lúcia Navas. Em 5 de junho, durante passagem pelo Interior do
Estado, o encontro foi com autoridades da cidade de Santa Cruz do Rio Pardo. Participaram da audiência a
Secretária de Educação, Silvia Helena Gazola da Rocha, Eduardo Cardoso de Souza e Renata Bozzo Vieira,
Supervisores de Ensino e Frednes de Oliveira Botelho, Secretário de Cultura.

Em todos os encontros, Eduardo Leite entregou exemplares da obra “O Universo da Segurança Humana”, escrita
pelo Professor Edmundo Oliveira, com seu prefácio que foram doados para as bibliotecas públicas do município.
Na sequência, abordou as diretrizes estabelecidas no Fórum Internacional – A Segurança Humana na América Latina -,
promovido em abril passado e também da realização da próxima Assembleia Geral do (COPLAD), em 2019, no Rio de
Janeiro e o 14º Congresso Mundial das Nações Unidas, em 2020, no Japão.

Ainda durante as audiências, Eduardo explicou o projeto da criação da Universidade Mundial de Segurança e
Desenvolvimento Social, com sede prevista em Brasília e que terá mais três campus nas cidades de São Paulo,
Rio de Janeiro e Brasília. Um dos focos da universidade será a criação de cursos de capacitação científicos
para os professores transmitirem o tema Segurança Humana, tendo como foco principal as crianças e adolescentes.