55+ 11 2172-2209     vagnerocner@segurancahumana.org    secretaria@segurancahumana.org

Quem Somos

Missão do Instituto de Segurança Humana para América Latina e Caribe – ISHALC

A missão do Instituto é colaborar para o fortalecimento do Estado de Direito no Brasil, com respeito aos direitos humanos, buscando a preservação da paz e do desenvolvimento social. Nesse sentido, buscamos promover e apoiar os estados e a sociedade civil nos seus esforços de prevenção ao crime, efetivação de reformas nos mecanismos de controle social, projetos e programas em prol do desenvolvimento social local e regional, modernização da legislação e democratização do sistema de administração da justiça.

O Instituto orienta suas ações adotando os princípios preconizados pelas Nações Unidas relativos à prevenção ao crime e à violência, ao tratamento do recluso, ao funcionamento da justiça penal e à utilização de arma de fogo – sempre em acordo com os padrões estipulados pelos instrumentos internacionais de proteção à pessoa humana. Somo norteados a nos tornarmos um “integrador de solidariedade, de modo a incluir todas as pessoas no processo de diálogo para o desenvolvimento humano, em condições de favorecer a preservação da vida com dignidade”.

O ISHALC tem prestigiado as regras e os princípios da ONU em benefício dos mecanismos de governança compromissados com a prosperidade social e econômica dos povos, em ambiente de pacificação e sempre saudável para a preservação da vida com dignidade, bem-estar em ambiente saudável e acesso à justiça social para todas as pessoas, na linha da integração positiva que demanda o fortalecimento dos padrões da geopolítica global.

Efetivamente, é preciso ajustar as escalas dos efeitos da globalização para superação do medo, da pobreza, da discriminação, do preconceito, da desigualdade, da intolerância, da manipulação, da vulnerabilidade e da exclusão social.

Objetivos do Instituto de Segurança Humana para América Latina e Caribe – ISHALC

Promover e aplicar as recomendações e diretrizes das Nações Unidas para a efetivação dos direitos humanos, para a prevenção da violência e criminalidade, e para as políticas sociais como forma de garantir o pleno desenvolvimento social e econômico no país.

Auxiliar governos, instituições e sociedade civil no desenvolvimento de estratégias de ação eficazes, que promovam e garantam os direitos humanos, nas áreas de prevenção à violência e da justiça social.

Fomentar a cooperação entre nações, regiões e instituições, ajudando-os a coordenar esforços e harmonizar políticas para o desenvolvimento socioeconômico garantindo o respeito incondicional aos direitos humanos.